C   redit
Ela nunca gostou muito de mim, mas com certeza me amava, se é que você me entende.
O Teorema Katherine.   (via entorpe-cid4)
Pirulitos se tornam cigarros, inocentes viram vadias, dever de casa vai pro lixo. Celulares conectados no twitter durante a aula, detenção se transforma em suspensão, refrigerante se torna vodka, bicicletas viram carros, beijos viram sexo. Vocês lembram de quando usar proteção era botar um capacete? De quando a pior coisa que você poderia levar de garotos eram cosquinhas? De quando os ombros do pai eram o lugar mais alto e inatingivel e mamãe era nossa heroína? Aliás,lembram-se de quando heroína era o feminino de herói? De quando seu pior inimigo era ser irmão? De quando a única droga que você conhecia era remédio pra trosse? De quando usar saia não te transformava numa vadia? A maior dor que você sentia era quando ralava os joelhos e os “Adeus” duravam até só o amanhecer e nós não podiamos esperar por crescer?
Desconhecido. (via romanteios)
Eu sinto saudade. Apenas isso. Não tenho como controlar. Vi uma foto sua e sorri. Sorri um sorriso que me transportou para o passado, para onde tudo era sereno e seguro. Sinto falta de deitar no seu colo, lá eu sabia que tudo tinha jeito. Que tudo tinha saída, solução. A sua risada doce e sincera eram garantias de que tudo ia dar certo.
Clarissa Corrêa  (via alentador)
Uma pessoa é grande quando perdoa, quando compreende, quando se coloca no lugar do outro, quando age não de acordo com o que esperam dela, mas de acordo com o que espera de si mesma. Uma pessoa é pequena quando se deixa reger por comportamentos clichês.
Martha Medeiros.     (via imunidades)
Você fala que sente saudade, mas não vem atrás. Espero que o orgulho te aqueça nos dias frios.
Desconhecido.   (via emendarei)
A beleza da alma floresce na pele.
— Grazy Paiva (via emendarei)
Talvez meu erro seja gostar tanto de você, aceitar tantas vezes teus erros e abaixar minha cabeça pra todo vacilo que tu comete. Meu erro é amar demais e ainda não decidi se me importo ou não em continuar errando.
— Dan Martins (perigoso)
Nós nunca vamos nos acostumar com a ideia de que até se formos na esquina poderemos dar de cara com o amor, porque acredite ou não, metade se soubesse trataria de arrumar a roupa ideal e a bagunça de seus corações antes de pisarem os pés na calçada. A outra metade nem sairia de casa. É tão triste fugir do amor.
Os porquês de Amélia Roswell.  (via effectum)
Eu peço. Eu imploro. Não deixe ninguém ver o quanto estou cansada.
Os porquês de Amélia Roswell.  (via effectum)
Eu prefiro acreditar em cupido. É menos idiota do que saber que eu mesma escolhi as pessoas que gostei.
— Genocídio.  (via emendarei)